O osso descarnado do capitalismo

"Não há capitalismo compartilhado em lugar algum, muito menos na Bolsa. O osso erguido pelo MTST e pelo Povo Sem Medo em meio aos telões com números gasosos é o símbolo também das sobras do capitalismo", escreve o jornalista Moisés Mendes Por Moisés Mendes Aquele osso erguido por um dos ocupantes da Bolsa de Valores …

%d blogueiros gostam disto: