Bolsonaro decide que indicará André Mendonça, o “terrivelmente evangélico”, para vaga no STF

Ex-ministro da Justiça e atual chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, foi humilhado pelo ministro do Supremo Gilmar Mendes durante discussão sobre abertura dos cultos religiosos para o público, “Parece que está havendo um certo delírio”, disse Gilmar Mendes durante julgamento em que o AGU defendia a reabertura de igrejas Fórum - O …

%d blogueiros gostam disto: