Cesta básica sobe em todo o país, e consome até 63% do salário mínimo

Valor do salário mínimo considerado necessário pelo Dieese fica próximo de R$ 6 mil. Cesta básica exige mais de 112 horas de trabalho. Vários itens do dia a dia subiram de preço em janeiro: inflação não dá trégua ao trabalhador RBA– No primeiro mês de 2022, os preços médios da cesta básica aumentaram em 16 …

Fome: No Governo Bolsonaro, comida custa 25 horas a mais de trabalho por mês

Segundo levantamento realizado pelo Dieese, no início do Governo Bolsonaro, o custo da alimentação de um trabalhador estava em R$ 467,65 enquanto o salário mínimo foi fixado em R$ 998,00. Ou seja, era suficiente para comprar 2,1 cestas. Em setembro de 2021, a cesta já chegava a R$ 673,45 para um salário de R$ 1.100,00, …

Cesta básica aumenta até 34,13% em 12 meses, aponta Dieese

Em agosto, itens básicos da alimentação registraram elevação em 13 das 17 capitais pesquisadas. Como resultado, o brasileiro está comendo mal e menos RBA – O custo médio da cesta básica aumentou no mês passado em 13 das 17 capitais pesquisadas pelo Dieese, de acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (8). No acumulado do ano, …

Preço da cesta básica sobe na maioria das capitais no primeiro semestre. Em um ano, alta vai até 30%

Segundo o Dieese, o salário mínimo necessário para as despesas com alimentos básicos deveria ser R$ 5.421,84. Ou 4,93 vezes o piso nacional, ainda segundo estudos os preços médios do açúcar e da carne bovina aumentaram em junho, os da banana e do arroz caíram RBA – De maio para junho, o preço médio da …

Auxílio de R$ 300 não compra nem meia cesta básica em cinco capitais

Além da alta dos alimentos, aumento no preço do gás de cozinha e da energia elétrica também pressionam o orçamento das famílias, segundo a economista do Dieese Patrícia Costa RBA – Com elevação de 35% nos últimos 12 meses, o valor da cesta básica ultrapassou R$ 600 em pelo menos cinco capitais do país. No …

Cesta básica sobe em 15 das 17 capitais pesquisadas em outubro

Segundo o Dieese as maiores altas ocorreram em Brasília, São Paulo e Campo Grande Agência Brasil - O preço da cesta básica de alimentos subiu, em outubro, em 15 das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo o levantamento, divulgado hoje (6), os maiores preços foram encontrados em São …

%d blogueiros gostam disto: