Equipe da Globo e SBT são agredidas por seguranças e apoiadores de Bolsonaro na Bahia

"Não toque em mim" dizia um segurança de Bolsonaro durante visita ao estado da Bahia, jornalistas tentaram se aproximar, mas seguranças agiram para impedir a aproximação. Um dos seguranças segurou a repórter Camila Marinho pelo pescoço, com a parte interna do antebraço, numa espécie de "mata-leão", apoiadores agrediram repórteres que faziam seu trabalho devidamente constitucional. …

%d blogueiros gostam disto: