Carla Zambelli saca arma na rua em SP e pode responder por ameaça e constrangimento ilegal

Deputada perseguiu um homem em vias do centro da capital paulista, segundo informações preliminares, trata-se de um jornalista negro que é membro da Gaviões da Fiel. É o espirito armado dos bolsonaristas que ameaçam a nossa democracia desde que alcançaram o poder no pós golpe de 2016.

Com Brasil de Fato

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) sacou uma arma na rua em São Paulo e perseguiu um homem. O episódio ocorreu na rua Joaquim Eugênio de Lima, região central da capital paulista.

Em vídeo que circula nas redes sociais, a parlamentar aparece com uma arma em punho, correndo atrás de homem que se esconde em uma lanchonete. Amparada por assessores, Zambelli entra no local e ordena: “Deita no chão.”

Ariel de Castro Alves, presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, afirma que a deputada pode responder criminalmente pelo ato. “Ela precisa responder pelos crimes de ameaça e constrangimento ilegal. Além disso, poderia ter sido presa em flagrante.”

Para Tânia Oliveira, coordenadora da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), afirma que Zambelli pode ter sua candidatura cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por descumprir a Resolução 23.669/2021, caso seu registro de arma seja de colecionadores, atiradores e caçadores (CACs).

Isso porque, a resolução do TSE proíbe o transporte de armas e munições no dia das eleições, nas 24 horas que antecedem o pleito e nas 24 horas que o sucedem, para CACs. “Por motivo superveniente, Zabelli pode ter a candidatura deste ano cassada pelo TSE, caso seja CACs”, afirma Oliveira.

Edição: Rodrigo Chagas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: