PT pede que TSE investigue abuso de poder por parte de Milton Ribeiro e Bolsonaro

Segundo o partido, a administração dos recursos do MEC “vem sendo aparelhada” para auxiliar o projeto de reeleição de Bolsonaro

247 – O PT pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que investigue abuso de poder econômico e político por parte do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do chefe de governo, Jair Bolsonaro.

Segundo o partido, a administração dos recursos do MEC “vem sendo aparelhada” para auxiliar o projeto de reeleição de Bolsonaro, além de se atrelar a interesses religiosos de Ribeiro, mesmo o Brasil sendo um Estado laico.

Em conversa gravada obtida pela Folha de S.Paulo, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, admite priorizar demandas de prefeitos apresentados a ele pelo gabinete paralelo na pasta, formado por pastores. A dirigentes municipais dentro do ministério, Ribeiro afirma seguir ordem de Bolsonaro.

“O conteúdo do áudio divulgado pelo mencionado jornal é muito claro: os prefeitos que apoiarem o projeto de reeleição do Presidente da República, a partir da indicação dos Ministros de Fato (Pastores) terão seus pleitos financeiros e econômicos atendidos com prioridade, inclusive no que se refere à construção de espaços religiosos (templos)”, argumenta o PT.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: