Ipespe: Lula segue estável, Bolsonaro sobe na margem de erro, Ciro e Moro empatam

Petista fica com 43% pela terceira quinzena seguida e atual presidente vai a 28%. Lula mantém vantagem em todas as simulações de segundo turno

RBA – Nova edição da pesquisa Ipespe, relativa à primeira quinzena de março, mostra pouca alteração no cenário eleitoral. Segundo os resultados divulgados nesta sexta-feira (11), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na frente, mantendo 43% das intenções de votos nas três últimas divulgações. Jair Bolsonaro (PL) avançou na margem de erro, para 28%, mas mostra trajetória de ascensão. Os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) empatam com 8%.

Na pesquisa anterior, divulgada em 25 de fevereiro, Lula aparecia estável em 43%, enquanto Bolsonaro havia passado de 25% para 26%, também na margem de erro. Moro estava com 8% e Ciro, com 7%.

Sem terceira via

Entre os demais candidatos, segundo a pesquisa de hoje, o governador paulista, Joao Doria (PSDB), segue estacionado nos 3%. A senadora Simone Tebet (MDB) tem 1%, assim como o governador gaúcho, Eduardo Leite (que pode ir para o PSD), e o deputado André Janones (Avante). Felipe d’Avila (Novo) e Alessandra Vieira (Cidadania) não pontuam. Entre os entrevistados, 7% responderam “nenhum”, “não iria votar”, branco e nulo, enquanto 2% não sabem ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, em que os nomes não são citados, Lula tem 36%, um ponto percentual a mais em relação à pesquisa anterior. Bolsonaro também ganhou um e foi a 26%. Moro aparece com 5% e Ciro, com 4%. Dora é lembrado por 1%.

Segundo turno

Em cenários de segundo turno, o petista mantém vantagem. Lula teria 53%, ante 33% do atual presidente da República. Na pesquisa anterior, 54% a 32%. Contra Moro, Lula venceria por 51% a 30%. Se o adversário fosse Eduardo Leite, 55% a 29%, resultado próximo ao de um duelo contra Doria (53% a 29%). O ex-presidente também venceria Ciro: 50% a 26%.

Ciro, por sua vez, ficaria à frente de Bolsonaro por 47% a 36%. Se o segundo turno fosse entre Doria e Bolsonaro, a situação seria de empate técnico, com 38% a 37%. Mesmo caso de Bolsonaro x Moro: 33% para ambos. O atual presidente só vence Leite, por margem estreita (40% a 35%).

Segundo a pesquisa, 61% dos entrevistados não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum. O percentual cai para 42% no caso de Lula e sobe a 55% para Moro e a 59% para Doria.

De acordo com o Ipespe, a pesquisa foi realizada entre segunda e quarta-feira (7 a 9). Foram ouvidos mil entrevistados, de todas as regiões do país. A margem de erro é estimada em 3,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95,5%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03573/2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: