Oito dias depois de testar positivo para Covid, Olavo de Carvalho morre, aos 74

O falecimento foi anunciado pelo perfil verificado de Olavo de Carvalho no Instagram e confirmada nesta manhã pela sua filha que mora no Brasil. O guru do bolsonarismo chegou a afirmar que a pandemia de Covid-19 nem sequer existia

Com Brasil 247

O perfil verificado de Olavo de Carvalho no Instagram anunciou na madrugada desta terça-feira (25) a morte do guru do bolsonarismo na noite de segunda-feira (24). Ele tinha 74 anos e deixa esposa, oito filhos e 18 netos.

“Com grande pesar, a família do professor Olavo de Carvalho comunica a notícia de sua morte na noite de 24 de janeiro, na região de Richmond, na Virgínia, onde se encontrava hospitalizado”, diz a nota, que não cita a causa da morte.

Em 16 de janeiro ele havia anunciado ter testado positivo para Covid-19. Por causa da doença, ele chegou a cancelar as aulas de seu curso online.

Filha de Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo, Heloísa de Carvalho afirmou que o pai morreu em decorrência da Covid-19. Ele testou positivo para a doença em 16 de janeiro. Na nota divulgada no perfil oficial de Olavo no Instagram, a causa da morte não é citada.

Pelo Twitter, Heloísa respondeu a uma seguidora sobre a causa da morte do pai: “foi Covid?”. “Foi”, escreveu.

Olavo de Carvalho era negacionista e por diversas vezes chegou a duvidar da existência da pandemia. “O medo de um suposto vírus mortífero não passa de historinha de terror para acovardar a população e fazê-la aceitar a escravidão como um presente de Papai Noel”, escreveu ele no Twitter em 12 de maio de 2020.

Fonte – Brasil 247

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: