Djokovic é deportado da Austrália e diz que se sente ‘extremamente desapontado’ com decisão

Confira a íntegra do comunicado de Novak Djokovic após o tenista ser deportado da Austrália ao se negar a tomar a vacina contra a Covid. Ele deixou o país num voo da companhia Emirates com destino à cidade de Dubai. Diferente do judiciário brasileiro o da Austrália age de acordo com as leis vigentes . O tenista não está acima da lei por ser o primeiro no ranking da ATP.

Com Brasil 247

Um tribunal australiano confirmou a decisão do governo de cancelar o visto de Novak Djokovic neste domingo, encerrando as esperanças da estrela do tênis não vacinada de vencer o Aberto da Austrália e acumular um recorde de 21 títulos de Grand Slam masculinos.

Decidindo sobre um caso que tomou conta da Austrália e do mundo esportivo por mais de uma semana, uma bancada de três juízes do Tribunal Federal ouviu argumentos de advogados do governo de que a presença contínua de Djokovic arriscava estimular o sentimento anti-vacinação durante o pior surto de COVID-19 da Austrália. desde o início da pandemia.

Após a decisão, o tenista emitiu um comunicado dizendo se sentir “desapontado”.

Leia a íntegra do comunicado:

“Gostaria de dar uma breve declaração após a audiência de hoje [domingo] do Tribunal [Federal Australiano]. Agora, vou tirar um tempo para descansar e me recuperar, antes de fazer outros comentários.

Estou extremamente desapontado com a decisão do Tribunal de rejeitar meu recurso contra a decisão do ministro da Imigração de cancelar meu visto, o que significa que não posso ficar na Austrália e não poderei participar do Australian Open

Respeito a decisão do Tribunal e vou cooperar com as autoridades competentes em relação à minha saída do país.

Me incomoda que a atenção tenha se concentrado tanto em mim nestas últimas semanas, e espero que agora todos possamos nos concentrar no jogo e no torneio que eu amo. Gostaria de desejar boa sorte aos jogadores, aos responsáveis pelo torneio, aos funcionários, aos voluntários e aos espectadores do torneio.

Por fim, gostaria de agradecer à minha família, meus amigos, minha equipe, meus seguidores, meus fãs e meus compatriotas sérvios por seu apoio permanente. Todos foram uma grande fonte de força para mim”.

2 respostas para “Djokovic é deportado da Austrália e diz que se sente ‘extremamente desapontado’ com decisão”

  1. Esse safado ignorando a ciência! Bem feito, nao deveria nem ter chegando aonde chegou, o cara se acha a última bolacha do pacote, prepotente, mimadinho, vai pros quintos e leve seus demônios junto !!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: