Entrevista de Lula repercute pelo ineditismo e aula para Bolsonaro

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira, 1º, durante entrevista na BandNews FM que o presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) precisa ouvir os especialistas e começar a governar o Brasil de verdade.

Por Redação

A Entrevista concedida de Lula para o jornalista Reinaldo Azevedo, na BandNews exibida ao vivo neste 1 de abril, dirigiu-se à incompetência de Bolsonaro em governar o Brasil. Foram 1:30 minutos de entrevista com direto a recorde de audiência na rádio Jovem Pan, BandNews, Facebook e YouTube. tanto entrevistado  como entrevistador ficaram a vontade, mas parecia um bate papo de “companheiros”, fato este que o jornalista fez questão de deixar Lula a vontade dizendo que “Pode me chamar sim de companheiro!”.

Antes mesmo de começar a entrevista que mais parecia um discurso de Rei, o Twitter já enchia de menções como um dos assuntos mais tweetados; no auge da entrevista com encontros com a “Live” do presidente Bolsonaro, o YouTube chegou a uma diferença de 300 X 18 pró Lula. Bolsonaro bem que deveria interrompe a “Live” para assistir à aula discurso do presidiário,  pois é assim que o jumento tomador de cloroquina, se refere ao líder popular do Brasil.

“Eu queria expressar a minha solidariedade aos 12 milhões de casos no Brasil e os 320 mil mortos. Somente ontem [quarta], morreram quase 4 mil pessoas. Queria expressar minha solidariedade às famílias dos mortos e ao pessoal da saúde. Nós estamos vivendo um genocídio praticado pela irresponsabilidade de um único homem. Que brinca com a saúde, que inventa remédio”, lamentou Lula.

“Queria aproveitar a Bandeirantes para mandar um recado: Bolsonaro, quando é que você vai assumir a responsabilidade, parar de brincar e governar o país? Fecha a boca Bolsonaro. Deixa os médicos falar por você. Da mesma forma que você não sabe falar sobre economia, não fale sobre saúde. Deixa o pessoal do SUS, deixa o seu ministro falar, os governadores, os prefeitos”, pediu.

Lula também criticou o afastamento do governo Bolsonaro do cenário geopolítico internacional. “Lamentavelmente, a gente tem um presidente que não consegue conversar com outros presidentes. Ele jogou todas as fichas no [Donald] Trump. Ele colocou um Ministro das Relações Exteriores, que eu nunca vi ninguém mais bruto, mais ignorante e menos diplomático”, disse.

“Ele tirou o cara [Ernesto Araújo] e colocou alguém que nunca foi embaixador [Carlos Alberto França]. Esse cara não tem cacife para ser ministro de um país do tamanho do Brasil. Ele poderia ter escolhido um embaixador conservador, um embaixador liberal, mas escolheu alguém só porque é próximo da família Bolsonaro”, afirmou.

Lula também relembrou que é preciso uma união das principais economias do mundo para combater a crise. “Na CNN, eu mandei um recado para o Biden [presidente dos EUA]. Eu falei: ‘Você tem a obrigação de convocar o G-20 para discutir a crise da Covid-19′. Eu dei uma entrevista para o Le Monde e falei a mesma coisa para o Macron [presidente da França]. Dei uma entrevista para a Der Spiegel, na Alemanha, e falei também para a Angela Merkel. E depois dei entrevista para a China e falei para o Xi Jiping”, disse.

“Esta crise é uma guerra da natureza contra a humanidade. É uma guerra que espalhou pelo planeta inteiro. Não tem país rico, país pobre. A única solução para ela é a vacina. E a gente ainda não sabe se a vacina serve para todas as cepas”, finalizou.

Com informações do Portal Vermelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: