Polícia Federal abre inquérito para investigar empresa de Jair Renan, filho “04” de Bolsonaro

Filho do presidente é lobista de grupo capixaba que obteve 75% de desconto no Imposto de Renda até 2028

Por Luisa Fragão

A Polícia Federal abriu na segunda-feira (15) um inquérito para investigar empresa e negócios de Jair Renan, filho “04” do presidente Jair Bolsonaro. O Ministério Público Federal (MPF) decidiu abrir um procedimento preliminar para apurar o caso após denúncias de parlamentares da oposição.

Jair Renan é lobista do grupo capixaba Gramazini Granitos e Mármores, que obteve em setembro de 2019 um benefício fiscal que concede 75% de desconto no pagamento do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) até 2028.

Segundo reportagem de Pedro Capetti, no jornal O Globo neste domingo (14), trata-se de benefício muito diferente do praticado pela grande maioria das empresas brasileiras. Com o desconto, a empresa paga apenas 25% do imposto que deve à União.

No final do ano passado, a Gramazini Granitos e Mármores deu um carro elétrico no valor de R$ 90 mil a Jair Renan, que estava inauguranda a empresa no estádio Mané Garrincha – a Bolsonaro Jr.

Um mês depois, o grupo empresarial conseguiu uma audiência com o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e assessores do Planalto para apresentar um projeto de casas populares construídas com pedras. Jair Renan participou da reunião.

Foto de O Globo

Via Revista Fórum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: