Militar nomeado por Pazuello já pediu estado de sítio, estado de defesa e intervenção federal recentemente

Fica cada vez mais claro que as intenções do Bolsonaro  são malignas ao país, o mesmo fica  enchendo as instituições de militares, fomentando o caos para se perpetuar no poder

DCM – Em rede social, o general da reserva Ridauto Lucio Fernandes, nomeado nessa quinta-feira para para assessorar o departamento de logística do Ministério da Saúde, é franco defensor de medidas extremas.

Em em abril do ano passado, primeiro auge da pandemia de Covid19, o colega de Pazuello defendeu o estado de sítio, estado de defesa e intervenção federal.

Escreveu ele (pasmem):

“São ferramentas democráticas que dão poderes ao Presidente da República, supervisionado pelo Legislativo, para agir.”

Veja abaixo os posts.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: