Bolsonaro critica Argentina e diz que, por ele, aborto jamais será aprovado no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta quarta-feira (30) a decisão do Senado da Argentina que deu direito às mulheres do país a decidirem sobre o aborto.

Da Redação

A informação saiu em um post nas redes sociais desta quarta feira 30 e repercutida no Twitter e pela Revista IstoÉ. Segundo informações, Bolsonaro disse lamentar pelas vidas das crianças argentinas, sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com a anuência do Estado. Essa declaração foi criticada em uma rede social do presidente onde uma internauta diz que ele deveria cuidar das crianças que já em vida morrem de outros motivos no Brasil.

Ainda segundo a reportagem da revista, a legalização do aborto é um projeto do presidente de centro-esquerda Alberto Fernández. No qual já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados em 11 de dezembro e nesta quarta-feira recebeu os votos favoráveis de 38 senadores, 29 votos contrários e uma abstenção, uma margem mais ampla que o previsto. Por está razão o presidente retrucou afirmando que, se depender dele, o aborto jamais será aprovado no Brasil.

Pelo projeto aprovado na Argentina, a legalização do aborto pode acontecer até a 14ª semana de gestação, uma decisão celebrada por milhares de ativistas feministas que aguardaram a votação durante mais de 12 horas nas proximidades do Congresso.

Com informações da Revista IstoÉ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: