Bolsonaro diz que isolamento vai aumentar casos de depressão e suicídio

Sem apresentar dados, presidente tem utilizado argumentos como fome, desemprego e mortes para fazer com que a população retorne ao trabalho durante a pandemia do coronavírus

jair-bolsonaro-coronavirus-carolina-antunes-pr-e1584578247469edi

Foto: Carolina Antunes/PR

Revista Fórum-O presidente Jair Bolsonaro acresceu “problemas psiquiátricos” à sua lista de consequências que a população teria ao continuar em isolamento social durante a pandemia do coronavírus. Presidente disse nesta segunda-feira (30), ao sair do Palácio da Alvorada, que isolamento pode levar a casos de depressão e suicídio. Não foram apresentados dados ou fontes sobre tal afirmação.

“Se o emprego continuar sendo destruído da forma como está sendo, outras [mortes] virão e por outros motivos. Depressão, suicídio, questões psiquiátricas”, disse o presidente.

“O pai que chega ou está em casa, o filho pede um prato de comida e não tem. Ele, que tem vergonha na cara, começa a se julgar responsável pelo que está acontecendo. E vai à luta. Até um animal vai à luta para trazer o sustento para os seus filhos. O ser humano não é diferente”, continuou.

Neste domingo (29), presidente quebrou mais uma vez o protocolo das principais autoridades de saúde do Brasil e do mundo e saiu às ruas para passear. Bolsonaro falou com apoiadores e visitou comércios, onde cerca uma aglomeração de pessoas se formou para vê-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: